Loading...

Roteiro de viagem para Praga: o que incluir no seu roteiro?

Nova
byFugiu

Se eu lhe perguntar qual cidade da Europa você tem vontade de conhecer? Os lugares mais citados serão Paris, Roma, Veneza, Londres, Madri e por aí vai. O Leste Europeu também abriga muita história, cultura, arte e belezas naturais. Praga precisa estar na sua lista de desejos.

A capital da República Tcheca, passou ao longo de sua história, por diversos reinados, batalhas e disputas. Algo que chega até aqui, no nosso tempo. A visitá-la revela um deslumbrante cenário de uma cidade que teve que se reconstruir várias e várias vezes.

Não existe nenhum outro local na Europa que seja tão surpreendente quanto Praga . Ela inspira roteiristas a escrever filmes (quem não lembra de “Antes do Amanhecer”?), também escritores a descrever em seus romances.

Eu sei que você precisa dar um tempo da rotina corrida e fazer algo positivo para a sua saúde. Viajar, sempre é uma das melhores opções, além de ser a mais feliz. Então, vou lhe contar um pouco mais sobre Praga e o quão incrível a cidade pode se revelar para os seus turistas.

FUGIU? Então, é partiu Praga !

Roteiro de viagem para Praga: o que incluir no seu roteiro?

Diz o poeta que “viajar é trocar a roupa da alma” ...

Charles Bridge

Você chegou a Praga e está animado para conhecer a cidade e viver uma experiência sensacional, daí a primeira dica que eu lhe dou é visitar uma ponte. Sim, uma ponte. Saiba que na Europa elas guardam séculos e séculos de história. Uma visita obrigatória.

A Charles Bridge é a ponte mais antiga de Praga e a segunda de todo o país. Durante muito tempo, ela era a única maneira de atravessar o rio Vltava e demorou décadas para estar completamente pronta. Toda em pedra, nela estão 30 estátuas em estilo gótico de santos muito venerados naquela época.

O rei Carlos, por isso o Charles, era um cara muito supersticioso e por isso, escolheu uma data e hora exatas para começar a construção, tudo com base astrológica. As 5 horas e 31 minutos do dia 9 de julho de 1357, a ponte ganhou sua primeira martelada.

Agora, desafio você a tentar entender a lógica dele. Muito fácil. A data e os números formam uma sequência ímpar que pode ser lida de frente para trás e de trás para frente. Preste atenção: 1357 9/7 5h31. Viu? Não é sensacional?

Agora vai a informação mais louca de toda essa história. Lembra que eu lhe falei que levou um pouco mais de um século para ficar pronta? Nem o rei Carlos, nem o arquiteto responsável pelos projetos viram a ponte concluída. Morreram antes. A obra foi terminada em 1402.

Ah, e para fechar a história da ponte. Essa coisa de ela ser supersticiosa virou uma marca. Existe um mito que diz que ela na verdade foi construída com ovos, leite e vinho. Eu a comeria em vez de usar essa mistura de argamassa, mas o povo é curioso.

Convenci você a visitar a ponte? Acho que sim. Quando estiver por lá, não deixe de tocar a base de bronze da estátua de São João Nepomuceno, os tchecos dizem que atrai sorte. Assim, você vai ter uma viagem maravilhosa.

Praça da Cidade Antiga - Starom?stské nám?stí

Eu quero ver você pedir uma informação a um morador de Praga sobre como chegar à praça. Que nome difícil! Então, para facilitar, eu apresento a vocês a Praça da Cidade Antiga, o local para descansar e marcar como ponto inicial de sua jornada pela cidade.

Por estar em um lugar tão central, é conhecida como o coração de Praga . Ela funciona como o ponto de encontro para grupos turísticos, mas também está repleta de construções históricas em seus arredores. Bem como restaurantes, bares e barraquinhas para fazer um lanche.

Não há dúvida de que a Praça da Cidade Antiga cumpre com a sua importância turística e para a mobilidade de Praga , mas ela também traz um forte histórico consigo. Desde o século XII testemunhando momentos marcantes do país.

Então, aproveite a Câmara e da Igreja da Madre de Deus em frente de Tyn, a igreja barroca de S. Nicolau, o palácio de Kinski em estilo rococó, a casa gótica Sino da Pedra e o imponente monumento do Mestre Jan Hus.

Castelo de Praga

Quando a gente pensa em castelo e Europa, com certeza a sua cabeça irá imaginar todos aqueles comuns de contos de fada. Só que esse não tem nada parecido. O Castelo de Praga é um aglomerado de belos palácios e edifícios que estão conectados por vielas.

A importância do local está no próprio nascimento da cidade, sendo que um está diretamente ligado ao outro. E tudo cresceu em volta dele, tornando-se o ponto central da cidade. Ele é bem estratégico e fácil de chegar.

O Castelo de Praga é a residência oficial dos reis de Boêmia, isso desde a sua construção pelo príncipe Borivoj. Só que a partir do início do século XX, ele também se tornou a casa do presidente da República Tcheca, que mantém o seu escritório ali.

No conjunto de edifícios, a cereja do bolo é justamente o local em que está, de fato, o castelo, como acabei de falar. No entanto, em todo o seu entorno há características muito incomuns que vale a pena a visita. Ele é o maior castelo medieval que se tem notícia, ocupando uma área de 45 hectares, e também um dos mais antigos do mundo, ainda do século IX.

A Golden Lane fica dentro da área do castelo, sendo um passeio muito agradável de fazer. A rua tem, de fora a fora, casinhas coloridas muito bonitas para tirar fotos. Além de ter uma história legal, porque ali moravam as pessoas que serviam ao castelo, todo o staff.

Como as pessoas eram mais baixas em estatura na Idade Média em comparação com o tempo contemporâneo, as casas parecem miniatura. O passeio é ótimo!

E se você é um amante da literatura mundial, o escritor Franz Kafka morou por quase 2 anos na casa de número 22. Não sei se ele ficaria muito feliz em saber que hoje abriga uma loja de livros e souvenirs, mas pelo menos eles são sobre as suas obras.

Edifício da Câmara Municipal com Relógio Astronômico

Basta o avião pousar em Praga , para você começar a ouvir sobre o Relógio Astronômico que fica na torre do Edifício da Câmara Municipal. E olha que tem história! Isso, porque ele foi construído no velho ano de 1338, para os vereadores da Cidade Velha.

Marque para visitar a construção por dentro, há muito o que aprender por lá. Existem várias salas subterrâneas que eram moradias para as pessoas na cidade. Também dá para visitar algumas de suas salas históricas e a torre. Toda a ala oriental da Câmara foi posta abaixo durante a 2ª Guerra Mundial, ficando assim até hoje.

A grande atração de lá é acompanhar o espetáculo que ocorre quando os sinos batem em horas cheias, entre 9h e 23h. De dentro do relógio saem os 12 apóstolos, que desfilam para fora das janelas da torre. Lá dentro, existe uma capela dedicada a Virgem Maria.

O relógio é cheio de características interessantes que vão muito além de que só marcar a data e as horas. Ele também registra a posição do sol, os ciclos astronômicos, as fases da lua e os feriados do calendário cristão. A vista lá do alto vale super a pena.

Roteiro de viagem para Praga: o que incluir no seu roteiro?


Como viajar mais com o Fugiu

O Fugiu monitora o preço das passagens aéreas no período selecionado, quando encontrar o menor preço médio para o destino escolhido ou destinos que combinem com o seu perfil, ele te avisa.

Você sabe quais destinos são mais semelhantes com o seu perfil? Preencha o perfil da sua próxima viagem e surpreenda-se.


St. Vitus Cathedral

Ainda na área do Castelo de Praga está a Catedral de São Vito, que a gente pode dizer que é atração número um da cidade. Quem não gostaria de conhecer as joias da Coroa Tcheca e as tumbas de santos e antigos reis? O padroeiro São Wenceslau e São João Nepomuceno estão lá, bem como o poderoso e amado Rei Carlos IV.

Se tem algo que eles falham, é o compromisso com datas, tudo demorou uma eternidade para ficar pronto. Brincadeira! Eu sei que os tempos eram outros e as dificuldades enormes. A Catedral de São Vito demorou quase 600 anos para ficar completamente pronta.

A beleza do local já começa por sua fachada, cheia de detalhes. Só para matar um pouco da sua curiosidade: nenhuma gárgula é igual a outra. Incrível! As pedras também têm tons diferentes, e a explicação está justamente no seu longo tempo de construção e a necessidade de reconstrução por causa das guerras.

Quando você entra, o visual não perde em nada em imponência e beleza. Os vitrais são um verdadeiro espetáculo de cores, além de serem únicos, cada um com uma cena descrita. Todos eles são obras do renomado artista Alfons Mucha.

Existem três portais para se ter acesso ao interior da Catedral de São Vito. Todos eles com muito requinte, por causa do detalhado trabalho de suas portas de bronze em relevo. A obra é gótica e tem duas torres que medem 82 metros de altura.

Hrad?any

O Hrad?any é o principal bairro da cidade de Praga , é lá que estão as principais atrações e parte da história do país. Em poucos metros, é possível conhecer o Castelo de Praga , a Catedral de São Vito, o Loreto, o Mosteiro de Strahov e o Palácio Sternberg.

O bairro foi fundado junto com a Cidade Velha e Malá Strana, mas ele traz uma particularidade que já vale por tudo: grande parte dele faz parte do conjunto do castelo. Um dos lugares mais incríveis e importantes.

Saindo um pouco dos domínios do castelo, há muito o que conhecer em Hrad?any, como a praça Hrad?anské Nám?stí, o palácio Arcibiskupský Palác e o palácio Schwarzenberský Palác. O segundo é a imponente residência arquiepiscopal de Praga e o último o mais bonito edifício renascentista de Praga .

Há, ainda, a Galeria Nacional, que expõe obras e coleções sobre arte barroca. Lembra-se do filme “Amadeus”, de M. Forman? A D?m Kanovník? foi cenário para a famosa casa em que vive W. A. Mozart no filme.

Hrad?any, no geral, não é um lugar suntuoso, mas repleto de casas bem modestas. No entanto, é justamente essa característica que a faz tão pitoresca. Como falamos mais acima, a proximidade do castelo deveria atraia a nobreza, mas na verdade é praticamente toda composta de casas de trabalhadores.

Catedral de São Nicolau

A última dica para a sua viagem a Praga é conhecer a Igreja de São Nicolau. Se você teve um mostra da arte gótica na Catedral de São Vito, agora é a oportunidade de ver uma obra-prima do barroco. Eu lhe garanto que é realmente deslumbrante.

A igreja começou a ser construída no século XVII pelos jesuítas, que primeiro fizeram um edifício paroquial e depois uma escola. Todo o prédio só ficou pronto décadas depois e as missas começaram a ser realizadas nessa igreja já em 1711.

No interior da Igreja de São Nicolau, é possível ver muitas obras de arte. Olhe para o alto e contemple as pinturas nos tetos e nas abóbodas, como também as esculturas que estão nas paredes. O responsável pela arquitetura dela foi o importante K. I. Dientzenhofer.

As enormes abóboras triplas recebem afrescos de Jaa Lukáš Kracker. E não deixe de visitar a tribuna nas laterais. Todo o ciclo da Paixão de Cristo é retratado por lá por meio do talento de Karl Škréta.

Para os mais curiosos, saiba que é possível subir na torre da Igreja de São Nicolau. Enquanto você vence o trajeto para chegar até lá, existem várias salas interessantes para ser visitadas. Elas contam as histórias do local e também sobre o funcionamento dos sinos.

Do alto da torre, você vê boa parte da cidade de Praga . É verdadeiramente uma visão linda, inesquecível. Diz a história que durante a época de governo comunista, o serviço secreto a utilizava para ficar de olho nas embaixadas de outros países.

Depois de toda essa aula de história sobre o Leste Europeu e vislumbres de uma cidade impressionante como Praga , eu tenho que fazer uma pergunta:

Então, FUGIU?

Conheça outras cidades tão incríveis e interessantes quanto Praga . A FUGIU tem diversas opções de destino para encantá-lo. Lugares que também são muito marcadas pela arte e que dão valor a vida ao ar livre.

Entre em contato conosco e conheça os nossos pacotes.